O amor...


O amor é uma pedra bruta...

Um diamante especial...

Lindo... delicado... puro...

Precisa de mãos que o toquem de forma

especial e que mantenham-no aquecido

cuidado, alimentado... tal qual um bebê...

Quem o encontra devia valorizá-lo...

Aconchegá-lo junto a si e cuidar para que

não quebre... Cristais partidos tal qual

diamantes partidos não tem conserto...

É tão impossível colar um diamante partido

quanto um coração desiludido...

O poeta já dizia que o amor não aguenta

desaforos... verdade absoluta...

As lágrimas podem tanto servir para regar

e fazer o amor florir, quanto para afogá-lo

no mais profundo dos oceanos...

... Até os amantes eternos têm limites...

Seres humanos precisam de carinhos...

doçuras, palavras delicadas, respeito

pelo seu modo de ser...

Se em nome do amor se quer mudar,

transformar, fazer do outro o que ele

jamais será, as chances de matar esse

sentimento puro é enorme...

Amar sem dúvida é tão complicado

quanto viver... mas, é tão bom e

saudável quanto um delicioso mergulho

num rio límpido e sentir as gotas da água

de uma cachoeira...

Amar é viver...

É a entrega máxima entre dois seres...

É a união de almas, mentes, espíritos...

Amar... apenas tudo o que queremos...



0 visualização

© 2019 por Poetando com Helena. Orgulhosamente criado com Wix.com

  • Facebook
  • Instagram